Sabonetes Artesanais (ou Como Driblar a Crise) Parte II


Para finalizar os artigos com uma forma criativa e elativamente fácil de driblar a crise, neste post eu trago mais umas receitas de sabonete para usos diversos. Temos sabonetes para uso corporal, sabonetes para uso exclusivo nas mãos (tirar manchas e cheiros), sabonetes para uso em animais, sais de banho, entre outros. Bom proveito!

RECEITAS SIMPLES

Sabonete facial
Este sabonete é ideal para a higiene do rosto, indicado para peles delicadas e sensíveis.

Para 1 kg de base glicerinada branca

10 ml óleo de jojoba
20 ml de extrato de calêndula
5 ml de essência de calêndula
1 colher de chá de mel

Sabonete com Leite de Cabras
Para 1 Kg de base para sabonete glicerinada Branca
80 ml de leite de cabras
25 ml de essência de sua preferência

Sabonete de Manteiga de Karité
Para 1 Kg de Base para sabonete glicerinada branca
4 colheres de sopa de manteiga de karité
20 gotas de óleo essencial de sua escolha (sugerimos o de laranja)

Sabonete esfoliante com bucha
- 1/2 kg de glicerina
- 15 ml de essência, a que você escolher
- 1 fôrma para sabonete que caiba a o pedaço de bucha
- Bucha vegetal

Modo de fazer
Corte a bucha vegetal do tamanho da fôrma.
Pique a barra de glicerina. Leve ao fogo, em banho-maria, para derreter.
Tire as sementes e encaixe as buchas na fôrma.
Quando a glicerina estiver toda derretida, tire a panela do fogo.
Despeje a glicerina na fôrma.
Use uma colher de pau para segurar as buchinhas no lugar.
Deixe secar durante 1 hora.
Depois, corte as sobras das buchas e alise a superfície com uma espátula.
Você pode aproveitar a própria glicerina que sobrou nos cantinhos.

VARIAÇÕES

Sabonetes com Ervas

Colocar as ervas desidratadas no fundo da forma, jogar um mínimo de glicerina derretida, só para prender as ervas e esperar esfriar um pouco. Em seguida, encher o resto da forma com glicerina não muito quente, para não derreter a glicerina que já foi colocada e desprender as ervas.

Sabonete infantil

Pegar um bichinho ou brinquedo de plástico ou borracha, verificar se não há furinhos onde possa escapar bolhas, caso haja tapar com cola quente.
Colocar pouco corante na glicerina transparente para que se veja bem o brinquedo depois de pronto. Caso haja necessidade utilizar o procedimento anterior para prender o brinquedo.

Sabonetes marmorizados

Pingar gotinhas de corante no fundo da forma e em seguida jogar a base branca (ou da cor desejada) já com a essência. Com um palitinho, caso haja necessidade, espalhar o corante  do fundo da forma após colocar a base.

Sabonetes dentro do sabonete

Aproveitar restos de sabonetes, ou cortas tirinhas ou quadradinhos formando desenhos, ou mesmo sabonetes cortados com formas de bolachas, ou ainda sabonetes feitos em mini formas. Utilizar glicerina transparente e bem fria para não derreter o sabonete que irá dentro, misturando as cores.

DIFERENTES

Sabonete Rústico, modelado com as mãos

Material:
90 g de base glicerinada branca
8 gotas de corante marrom
10 g de aveia em flocos
2 ml de essência
medidor, bastão de vidro, filme plástico…

Modo de fazer
Derreta a glicerina em banho-maria normalmente e acrescente a aveia, a essência e o corante. Mexa a mistura por aproximadamente 20 minutos até ficar consistente. Retire a mistura do medidor com o auxílio do bastão e vá modelando com as mãos. Depois polvilhe um pouco de aveia no sabonete e aguarde a secagem por 20 minutos.  Embale no filme plástico depois de 2 horas.
Sugestão é vendê-lo numa cesta enfeitada com juta, palha e frutas desidratadas.

Sabonete em pétalas
Material
- 200 g de glicerina (ou base glicerinada) vermelha
- 6 ml de essência de sua preferência
- tubo de PVC
- ralador de legumes (lâmina reta)
Modo de fazer
Derreta a glicerina em uma panela esmaltada em fogo brando. Se preferir, utilize o microondas.
Separe a nata, que sempre se forma (é normal, não se preocupe).
Coloque a essência na glicerina derretida (ainda na panela) e misture.
Em um tubo de PVC, ponha o líquido (glicerina e essência). Preencha o recipiente quase por completo.
Deixe secar por 3 h.
Abra o tubo e retire a barra do sabonete.
Despreze as duas extremidades devido à por nata e corte a barra ao meio para facilitar o manuseio.
Com o ralador, corte o sabonete em tiras bem finas.
Quanto mais fino você conseguir ralar, mais bonito será o resultado.

Bombom de Banho

Material
- 100 g de manteiga de cacau
- 125 g de bicarbonato de sódio, mais 20 g para usar no final
- 60 g de ácido cítrico
- 6 colheres de sopa de flocos de aveia
- 2 colheres de sopa de pétalas de calêndula
- 1 colher de sopa de sementes de papoula
- 10 ml de essência de calêndula
- 10 gramas de lauril em pó
- formas para bombom em formato oval
- luvas de borracha
Modo de fazer:
Comece derretendo a manteiga de cacau numa panela esmaltada.
Quando ela ficar bem líquida, desligue o fogo e deixe esfriar um pouco.
Ponha as luvas e, num recipiente de vidro, misture as 125 g de bicarbonato de sódio, a aveia, o ácido cítrico, o lauril, as sementes de papoula e as pétalas de calêndula.
Reserve um pouco das pétalas para decorar o sabonete.
Misture bem os ingredientes com as mãos, dissolvendo as bolinhas que se formam no bicarbonato. Despeje aos poucos a manteiga de cacau derretida. Mexa, coloque mais manteiga e misture novamente. No final, deixe um pouco da manteiga líquida para usar depois. Você vai mexendo até ficar igual à massa de fazer bolinho.
Acrescente a essência de calêndula e misture bem.
Agora é hora de fazer os bombons.
Coloque a massa nas forminhas e aperte com o dedo. Mas, atenção: não encha até em cima, porque a mistura do ácido cítrico com o bicarbonato vai fazer a massa crescer. Depois de preencher todas as forminhas, ponha na geladeira por 20 min.
Na hora de desenformar, pressione com cuidado o lado de baixo da forminha para que o sabonete saia sem quebrar. Passe o bombom de banho no bicarbonato de sódio que você reservou para o final da receita. Molhe um dos lados na manteiga de cacau e encoste nas pétalas de calêndula. Elas grudam naturalmente.
Deixe secar e embrulhe os bombons de banho com papel celofane transparente.

Sabonete sache hidratante para o banho

Material
- 40 g de manteiga de cacau
- 10 ml de óleo de girassol
- 10 ml de óleo de calêndula
- 2 gramas de lanet
- 5 ml de essência de calêndula
- pétalas de calêndula
Modo de fazer
Derreta a manteiga de cacau com o lanet e deixe esfriar.
Acrescente os óleos vegetais e a essência.
Coloque em fôrmas plásticas e leve à geladeira para ficar bem consistente.
Desenforme e coloque no tecido. Amarre com ráfia e embrulhe em papel celofane.
Dê acabamento com uma fita de cetim.

Sabonete para os pés

Este sabonete é anti transpirante, anti bactericida e fungicida. Refresca, perfuma e descansa os pés, ajudando a eliminar odores.

1 kg de base
15 ml de essência de limão
15 ml de essência de hortelã
10 ml de cloreto de benzalcônio

Dissolver à parte e misturar na base derretida:

2 gr de mentol dissolvido em 2 ml de álcool de cereais
3 gr de cânfora dissolvida em 2 ml de álcool de cereais
Corante a gosto.

Sabonete de Café e Menta

Este sabonete é ideal para lavar as mãos, tirando o odor de comida, temperos e cigarros.

NÃO SERVE PARA O CORPO

Material

1 kg de base
1 colher bem cheia de pó de café
30 ml de essência de menta ou hortelã

Misturar aos poucos a base no pó de café, mexendo lentamente. Cuidado para o pó não embolar. Colocar na forma

Sais efervescentes

1 xic (chá) de amido de milho (maizena)
1 xic (chá) de ácido cítrico
2 xic (chá) de bicarbonato
Água em um borrificador
gotas de essência e corante
Misturar os elementos secos (pode colocar 1 colher de sopa de lauril, se quiser espuma), e acrescentar o corante e a essência. Amassar com as mãos, borrifando água aos poucos, até fazer uma espécie de “liga” (não pode colocar muito, para não deixar todo o bicarbonato reagir e fazer bolhas). Colocar em forminhas de um dia para o outro. Desenformar e embalar. Para misturar e amassar, USEM LUVAS.

Sais de Banho líquidos

Material
- 200 g de sal fino
- 30 g de cloreto de magnésio
- 30 g de sulfato de magnésio
- 600 ml de água
- 10 ml de essência
- Anilina à base de água
- Lauril (a gosto)
Modo de preparo
Aqueça a água em 40 graus.
Adicione o cloreto de magnésio e o sal fino.
Mexa até dissolver.
Num recipiente à parte, misture o sulfato de magnésio, a essência, a anilina e o lauril a gosto. Mexa até ficar transparente.

Sais de banho

1 kg de cloreto de sódio fino ou grosso
100 g de lauril em pó
gotas de corante cosmético
100 g de sulfato de magnésio
10 ml de essência da sua preferência
1 colher de plástico

Como Fazer:

Coloque todos os ingredientes em um recipiente de plástico e mexa muito bem até que todos os    produtos se misturem por completo. Depois é só por em vidros apropriados.

Hidratante em barra
Material necessário
- 70 g de manteiga de cacau
- 30 g de manteiga de karité
- 100 g de cera de abelha em lâminas ou flocos
- 80 ml de óleo de damasco
- 10 ml de essência de karité ou damasco
- Forma de silicone ou forma de PVC do modelo que preferir

Modo de fazer
Você vai precisar de uma panela esmaltada e um fogareiro. Se você não tiver o fogareiro elétrico, pode usar o fogão convencional em temperatura branda, bem baixinho. Em primeiro lugar, coloque a manteiga de cacau e depois a manteiga de karité. Em seguida, coloque a cera de abelha. Deixe tudo derreter em temperatura baixa. Tem que derreter por completo, até virar um líquido. Deixe esfriar até atingir aproximadamente 35 graus. Para você saber se está na temperatura certa, é só colocar a mão na lateral da panela. Se você conseguir suportar a caloria , está em torno de 35 e 37 graus. Agora, coloque o óleo de damasco. Depois, a essência. Mexa bastante até ficar tudo muito bem misturado, sem deixar esfriar. Encha as forminhas. Depois de 40 minutos, já pode desenformar. As barrinhas ficam perfeitas. Ai, é só usar para hidratar as mãos e o corpo.

Sabonete líquido 1
Material

500 ml de base glicerinada líquida
10 gotas de essência
10 gotas de extrato glicólico de mel
4 gotas de corante laranja

Modo de fazer

Misture tudo bem e despeje no vidro.

Sugestão:
p/peles secas: use corante amarelo e extrato de amêndoas,
p/peles oleosas: use corante verde e extrato de alecrim,
p/peles mista: use corante amarelo e extrato de camomila.

Sabonete líquido 2
Material

100 ml de base p/xampu
300 ml de água deionizada
20 g de laurinon P
2 ml de essencia
2 ml de extrato glicólico
0,8 g de nipagin
Modo de fazer:

Aquecer um pouco da água deionizada com o nipagim até 45 ºC para dissolver (em banho-maria) e retire do fogo. Adicionar o restante da água nesta mistura e em seguida adicionar os outros ingredientes, misture bem e acondicione num frasco com válvula.

Gel para banho
Pingue algumas gotas de anilina cosmética azul e ponha a base de gel
p/banho até 1/3 do vidro, depois ponha sementes de alfazema + 2 ou 3 gotas de corante azul, preencha com o gel e ponha num vidro com válvula.

Sabonete para cães e gatos

Material

100 grs de glicerina
1 colher de sopa de xampu de ervas (qualquer)
¼ de colher de chá de vitamina E
¼ de colher de chá de glicerina líquida
2 gotas (de cada) de óleo essencial de citronela, limão e alecrim
Acrescente os  óleos essenciais somente quando a temperatura baixar para 50ºC.
Esta mistura de óleos essenciais é boa para repelir as pulgas.

A vitamina E  é para dar mais brilho e vida aos pelos.

Sabonetes Artesanais 02


Continuando com os posts DIY (Do It Yourself – Faça Você Mesmo) de sabonetes, vamos ver aqui o que podemos colocar no meio de nossos sabonetes:

ARGILAS

Propriedades

As argilas são muito indicadas para produtos cosméticos devido a sua estrutura e seu elevado conteúdo de sais minerais. Elas são naturalmente cicatrizantes, absorventes, estimulantes e ativadoras das funções imunológicas. As diferentes cores existentes são devido à variação dos compostos minerais.

EXTRATOS
Os Extratos são substâncias que são obtidas por maceração, infusão, decocção ou mais frequentemente, por percolação (através de um aparelho chamado percolador) da planta mediante um solvente (água, álcool, éter) e sucessiva evaporação parcial ou total do próprio solvente. Os extratos glicólicos são os mais utilizados para uso em sabonetes e produtos de perfumaria.

ÓLEOS ESSENCIAIS
Os óleos essenciais são substâncias gordurosas que concentram vitaminas, hormônios, antissépticos e um complexo de compostos vegetais, ou de resinas e que desempenham um papel importante na bioquímica da planta. Além de odoríferos são altamente voláteis com consistência mais aquosa que os óleos convencionais, muito sensíveis ao ar, luz, calor e umidade e para preservar suas qualidades terapêuticas, devem ser mantidos em vidro âmbar, bem fechados. São extraídas das flores, folhas, raízes, cascas, frutos e das sementes, através de processos variados e sua utilização com finalidade terapêutica é conhecida como Aromaterapia. Atualmente suas propriedades terapêuticas têm sido muito difundidas embora muitos deles tenham preços proibitivos.  Aconselho a você que não tenha conhecimento sobre os óleos essenciais, que procure um bom livro para informar-se sobre as características e efeitos de cada óleo que se pretenda usar, pois muitos podem ser perigosos para alguns tipos de pessoas, como os cardíacos ou as grávidas. Óleos essenciais são extremamente fortes. Você pode fazer uso de alguns deles nos sabonetes, desde que respeite suas indicações e contra indicações, sendo bastante criterioso. Seu uso na pele deve ser feito, somente após diluição em óleo carreador de boa procedência.

ESSÊNCIAS
As essências são compostas por óleos essenciais e outras essências sintéticas produzidas em laboratórios que buscam reproduzir de forma mais barata alguns aromas, devido ao alto custo dos óleos essenciais puros, também buscam recriar aromas sofisticados para o ramo da perfumaria. Nestas ao contrário dos óleos essenciais puros não se encontram propriedades terapêuticas. Sua função é unicamente aromatizante. Não utilize essência para velas, aromatizadores ou produtos de limpeza, porque não são essências elaboradas para uso na pele.

Fora todas essas substâncias, podemos usar ainda sementes, frutos, flores, ramos, folhas e o que mais nossa imaginação quiser.

Sabonetes Artesanais 01


Com essa crise na economia mundial cortando cada vez mais os empregos e fazendo com que o nosso suado salário fique cada vez menor, nada melhor do que uma forma de complementar a renda e tentar combater a crise no melhor “jeitinho brasileiro”: produzindo alguma coisa com criatividade e bom gosto e vendendo para os amigos e conhecidos.

Eu já havia publicado dois artigos com uma idéia muito simples, que é a confecção de sabonetes caseiros. Se quiser conferir os artigos, clique aqui e aqui.

Adoro sabonete!

A vantagem do sabonete caseiro é que os materiais para sua fabricação são relativamente baratos, fáceis de manusear, rendem bastante e, dependendo de sua criatividade, podem ser feitos nos mais diversos formatos e cores, o que aguça a curiosidade de um possível comprador e facilita o seu trabalho na hora da venda.

Comecemos então com uma receita básica. Ela é a receita padrão para os sabonetes mais comuns, feitos a base de glicerina.

Passo a Passo
Passo 1: Pese a quantidade de base glicerinada necessária para a receita, corte em pedaços pequenos e coloque tudo dentro de uma panelinha esmaltada, de pedra ágata ou inox e coloque em banho-maria para derreter.

Dica:  Nunca utilize recipientes de alumínio. Não deixe aquecer mais do que 70ºC, para não “queimar” a base, isto pode acarretar problemas no sabonete tais como aroma desagradável ou sabonetes que suam ou ficam constantemente molhados.

Se a quantidade for pequena o suficiente para 1 ou 2 sabonetes pequenos, você pode derretê-los no microondas colocando em pote de plástico próprio para microondas. (Inicie colocando em intervalos de 15 segundos (varia conforme o aparelho). Derreta a glicerina por completo.

Passo 2: Enquanto derrete a glicerina ou mesmo antes , separe os ingredientes que serão utilizados e tudo a mão: os aditivos,corantes, essências e fôrmas.

Passo 3: deixe amornar um pouco, mas não o suficiente para começar a endurecer, com o tempo você vai pegando prática, mesmo porque, este ponto varia conforme a base e o fabricante. Adicione os aditivos como extratos líquidos e óleos vegetais, também as manteigas de cacau ou cera de abelha previamente derretidas em recipiente separado.

Passo 4: Adicione o corante líquido, que pode ser alimentício ( estes tendem a desbotar mais rápido) ou os  próprios para sabonetes à base de água.

Dica: lembre-se de que alguns extratos dão cor e conforme o corante que se utiliza pode dar um resultado diferente daquela esperada.

Passo 5: Adicione essência própria para sabonete, a proporção geralmente é de 25ml para cada Quilo de Base, esta proporção varia para mais ou para menos conforme a essência escolhida, o fabricante e seu gosto. Mexa lentamente para não formar muita espuma.

Dica: Não utilize essência para velas porque não são essências aprovadas para uso na pele. Não coloque a essência com a glicerina muito quente, pois, com o calor a essência tende a evaporar e se dissipar, pois elas contém elevado teor alcoólico, o mesmo ocorre com os extratos glicólicos.

Passo 6: Derrame nas forminhas, caso se formem bolhas, você pode dissipá-las borrifando um pouco de álcool de cereais. Aguarde o endurecimento.(em torno de 20 minutos para as forminhas pequenas).

Dica: Evite um local com muita corrente de ar para fazer seus sabonetes, não os coloque na geladeira para acelerar o endurecimento, sabonetes não são como gelatina que endurecem com o frio, eles endurecem pelo processo da massa mesmo. O que você pode fazer é colocá-los na geladeira após seu endurecimento por uns 20 min. ou meia hora para facilitar sua retirada do molde, caso isto não esteja acontecendo com facilidade.

Passo 7: Embale os em filme de PVC.

Dica: No caso de se formarem algumas bolhas de ar entre o filme e o sabonete, comprometendo seu acabamento, fure o filme de PVC com a pontinha de uma agulha e passe um pano expulsando a bolha, cuidado para não forçar e marcar o sabonete.

Passo 8: Coloque todos os utensílios de molho em água quente de preferência. Mantenha seus utensílios sempre limpos. Guarde a base sempre bem embrulhada em plástico para que esta não se desidrate.

Para comercializar seus produtos sempre coloque a data de fabricação e o prazo de validade, além dos elementos que os compõem.

Dicas e Truques

Para facilitar a remoção do sabonete da fôrma

As formas de acetato duram por mais tempo, se você, antes de retirar da fôrma, colocá-los no freezer por uns 30 min, (forma pequena), os sabonetes se desenformarão com mais facilidade sem ter que ficar apertando e entortando as fôrmas, conservando-as por mais tempo.

Para utilizar sementes de linhaça e amêndoas doces cruas no sabonete

Para utilizar sementes, você deve desidratá-las antes.

Faça da seguinte forma:

Ligue o forno em fogo alto e deixe aquecendo por 10 minutos. Espalhe em uma assadeira as sementes e amêndoas , coloque a assadeira no forno e desligue, deixe-as até que o forno esfrie completamente. Feito isso, coloque-as no liquidificador e processe até que fiquem na granulagem que deseja, guarde em potes herméticos e conserve em local fresco.

Medidas e Equivalências

1 colher sopa = 15 ml

1 colher chá = 5 ml

1/2 colher chá = 2,5 ml

1/4 colher chá = 1,25 ml

3 colheres chá = 1 colher sopa

88 gotas = 1 colher chá (varia conforme a substância)

O que você deve observar antes de comprar a base glicerinada:

Existem no mercado algumas variedades de bases glicerinadas, muitas delas têm melhorado bastante em qualidade frente a um mercado de consumidoras cada vez mais exigentes, mesmo assim seja bastante criteriosa ao escolher e procure observar :

Uma boa base glicerinada é aquela que não produz odor desagradável, muitas que contém em sua composição gordura animal e outros ingredientes de má qualidade, tendem a apresentar este inconveniente.

Outra coisa a observar nas bases transparentes é se a base apresenta flocos ou tufos foscos ou esbranquiçados, estas bases tendem a não dar boa transparência no sabonete, por isso, escolha aqueles de cor uniforme.

Dispense também aquelas que estiverem úmidas e apresentam inclusive manchas de molhado no rótulo que normalmente é de papel, ou, que você perceba estarem muito úmidas ao contato, elas produzirão um sabonete mole demais.

Também aquelas com forte cheiro de álcool, caso isto ocorra reclame e peça a troca. Com o tempo você irá conhecendo as marcas existentes e as características de cada uma, até que possa eleger uma de sua preferência.

Receitas De Sabonete Feito Em Casa Parte 2

Continuando com o que eu havia escrito aqui, estou passando agora umas receitas mais elaboradas de sabonetes que podem ser feitos em casa e que, com um pouquinho de criatividade, podem ajudar a implementar a renda doméstica e até, começar um negócio próprio.

 

Se você perdeu a primeira parte do artigo e tá com preguiça de pesquisar, basta clicar aqui óóó.

Sabonete de Mel e Argila Branca
Para 1 Kg. de base transparente
3 Colheres de Sopa de Mel
15 ml de Óleo de Amêndoas Doces
2 Colheres de Sopa de Argila Branca
25 ml de Essência de Laranja 

ou sugerimos 20 ml de laranja + 5 ml de baunilha.

Misture o mel, a argila, o óleo e faça uma pasta. Após derreter a glicerina, acrescente esta pasta, adicione a essência e coloque na fôrma. Se quiser, acrescente corante à seu gosto.

 

Sabonete de extrato de pepino e alecrim

É indicado para manter o brilho da pele, além de tonificante e prevenir rugas.

Material
1kg de glicerina incolor ou branca
30 ml de extrato de pepino
30 ml de extrato de alecrim
30 ml de essência de lavanda ou alecrim
Erva de alecrim (opcional)

 

Modo de fazer
Derreta a glicerina em banho-maria e deixe esfriar durante 8 minutos (até formar uma nata em cima)
Misture os extratos com a essência, misture bem antes de acrescentar à glicerina
Coloque na glicerina e misture bem.
Acrescente o alecrim na glicerina e mexa
Coloque na forma, deixe secar bem (cerca de 2 horas).

 

Sabonete de leite de cabra com amêndoas ou damasco

É apropriado para qualquer tipo de pele, pois é hidratante, umectante, esfoliante e possui Ph neutro.

Material

1 kg de glicerina branca

50 ml de extrato de leite de cabra

30 ml de essência de sua preferência (a indicação são os mais adocicados, como o de algas, para “encobrir” o cheiro do leite de cabra, que é bastante forte e desagradável)

300 gr de amêndoas torradas ou damasco (seco) triturado

Modo de fazer

Derreta a glicerina e deixe esfriar por 5 minutos

Em um recipiente misture o extrato e a essência. Coloque na glicerina.

Coloque as amêndoas ou damasco e mexa devagar

Coloque na forma (de preferência de silicone, pois demora mais para secar). Desenforme após duas horas.

 

Sabonete de chocolate

Ideal para amaciar a pele

Material: 300 g de base de glicerina leitosa, 9 ml de essência de chocolate, 2 colheres de sopa de chocolate em pó, 2 colheres de sopa de leite em pó, corante alimentício à base de água na cor marrom

Modo de fazer:

Picar a base de glicerina,

Por na panela com a metade da base picada em banho-maria quando a água já estiver fervendo, tirar do fogo quando a base já estiver totalmente derretida sem balançar muito a panela,

Borrifar álcool de cereais para baixar a espuma e acelerar o procedimento de secagem,

Colocar gotas do corante em um copo descartável (quando menos corante mais claro o sabonete ficará),

Misturar o chocolate em pó, depois por apenas uma colher de leite em pó e misturar,

Pegue a base derretida, se houver nata retire-a com o bastão de vidro, e acrescente metade desta base à mistura de chocolate, leite e corante,

Mexa com o bastão de vidro, se houver espuma borrife mais um pouco de álcool de cereais,

Medir no Becker, 5 ml de essência (reservar o restante para a segunda parte do sabonete),

Juntar aos outros ingredientes e misture tudo com o bastão de vidro,

Despejar nas formas de silicone, não encher completamente, pois o sabonete será completado com a segunda parte. Aguardar a secagem, até o ponto de gelatina,

Repetir o processo (do banho-maria) para derreter a outra metade da base já picada

Juntar a essência ao leite em pó que foi reservado,

Logo após, hidrate o leite em pó na base quase fria,

Borrife com o álcool de cereais e mexa,

Complete as formas (retire a nata com a ponta de uma faca) que foram preenchidas com a base de chocolate e deixe secar naturalmente até endurecer completamente.

 

Sabonete de tangerina com feito mesclado

Material:
200 g de base de glicerina transparente,
20 g de base de glicerina verde,
3 ml de essência de tangerina,
forma de silicone com formato de tangerina,
álcool de cereais, medidores, espátula, panela esmaltada e faca
Modo de fazer:

Em panelas diferentes derreta as glicerinas em banho-maria, coloque as glicerinas derretidas em copos descartáveis separados e acrescente a essência de tangerina misturando bem. Despeje a glicerina laranja no molde de silicone, em seguida despeje lentamente a glicerina verde com movimentos circulares, aguarde secar por 3 horas e retire da forma.

 

Sabonete de hamamelis e confrei

É ideal para pele oleosa e mista ou com acne. É adstringente e refrescante. Limpa e remove células mortas, além de retirar a oleosidade.

Material

1 kg de glicerina incolor

20 ml de extrato de confrei

20 ml de extrato de hammelis

20 ml de essência de sua preferência (o ideal são as cítricas, tipo, limão, cidreira, capim santo, flor de laranjeira)

Modo de fazer

Derreta a glicerina. Espere esfriar por 5 minutos

Misture os extratos. Coloque na glicerina. Mexa bem.

Por último, acrescente a essência e misture bem.

Deixe secar por 2 hora.

 

Sabonete de argila verde com  extrato de hamamelis

Material

1 kg de glicerina incolor ou branca

50 gr de argila verde

40 ml de extrato de hamamelis

15 ml de essência de sua preferência

Modo de fazer

Derreta a glicerina. Deixei esfriar por três minutos

Misture o extrato e a essência. Mexa bem e acrescente à glicerina. Misture bem para unir os ingredientes.

À parte, em um recipiente de plástico ou cerâmica, dissolva em um pouco de glicerina a argila e acrescente à glicerina. Misture bem e coloque na forma. Deixe secar por uma hora

 

Sabonete de aveia, gergelim e calêndula

Tem efeito cicatrizante. É esfoliante, limpa e hidrata. É ideal para peles mistas

Material

1 kg de glicerina incolor

25 ml de extrato de calêndula

20 ml de essência de calêndula

20 gr de semente de gergelim

Modo de fazer

Derreta a glicerina e deixe esfriar por 5 minutos

Misture o extrato e a essência. Misture bem, acrescente na glicerina e mexa novamente. Por último acrescente o gergelim.

Dica: verifique se o gergelim não está úmido. Guarde em lugar seco e protegido.

 

Sabonete de aveia com extrato de germe de trigo

É revitalizante. Nutre, regenera e dá elasticidade à pele. Previne ressecamento e rugas.

Material

1 kg de glicerina incolor ou branca

35 ml de extrato de aveia ou duas colheres (sobremesa rasa) de aveia em flocos

35 ml de extrato de germe de trigo

20 ml de essência de sua preferência

Corante é opcional

Modo de fazer

Derreta a glicerina. Em seguida, coloque a aveia em flocos e mexa bem.

Misture os extratos e a essência. Mexa bem para unir os componentes e acrescente à glicerina.

Coloque na forma e deixe secar por 1 hora. Embale somente 2 horas depois.

 

Sabonete de argila verde com centella asiática e hera

A argila verde junto com a centella asiática e hera tem efeito anticelulite e flacidez.

Material

1 kg de glicerina incolor ou branca

30 ml de extrato de centella asiática

30 ml de hera ou castanha da índia

25 ml de essência

50 gr de argila verde medicinal

Modo de fazer

Derreta a glicerina e deixe esfriar por 5 minutos

Em um recipiente plástico coloque a argila com um pouco de glicerina para dissolvê-la. Coloque na massa de glicerina derretida

Misture os extratos e a essência e acrescente à glicerina

Despeje nas formas e deixe secar por uma hora

 

Sabonete de própolis para acne

O própolis é um antibiótico natural, de ação bactericida. A união do própolis com calêndula,

que é cicatrizante, proporciona à pele com acne cicatrização mais rápida.

É recomendado usar três vezes ao dia.

Material

1 kg de glicerina branca ou incolor

30 ml de própolis

10 ml extrato de calêndula ou camomila

20 ml de essência de sua preferência

Corante é opcional

10 gr de calêndula, também opcional

30 gr de enxofre farmacêutico

Modo de fazer

Derreta a glicerina e, assim que tirar do fogo, coloque a calêndula. Deixe esfriar por 5 minutos.

Depois, acrescente o própolis e o extrato misturados e despeje na glicerina.

O enxofre deve ser dissolvido com um pouco de glicerina e adicionado na massa de glicerina. Despeje na forma e deixe secar por duas horas. Depois, deixe o sabonete curar. Embale após duas horas.

Receitas De Sabonete Feito Em Casa – Parte 1

Muitas vezes queremos fazer em casa alguma coisa para ganhar dinheiro, sem ter que sair de casa para trabalhar, com hora marcada e aquela rotina estressante que todo trabalhador que é empregado de alguém conhece; ou então, estamos cansados de trabalhar e ver que o nosso dinheiro não dá pra nada, que sobra mês no nosso salário, mas não temos a menor idéia do que podemos fazer para mudar isso e nem por onde começar.

Pensando nestes problemas que todo bom trabalhador assalariado passa todo mês, o site Desconstruindo a Mente desencavou dos seus arquivos estas receitas de sabonete, que podem ser feitos em casa e, se feitos com capricho, podem ajudar a aumentar os seus rendimentos. Vamos lá!!!

RECEITAS SIMPLES 

Sabonetes caseiros – RECEITA BÁSICA
Ingredientes:
1 kg de base de glicerina para sabonetes (branca ou transparente)
Essência para sabonetes – 30 ml
Corante alimentício
Álcool de cereais
PARA 1KG DE GLICERINA USAR 30 ML DE ESSÊNCIA
Obs.: Algumas essências são mais fortes que outras, dependendo da qualidade. Procure dosar ao seu gosto, não sendo necessário seguir a risca a quantidade especificada acima.

Colocar a quantidade de corante necessária até atingir a cor de sua preferência.

Material:
Formas de silicone, plástico ou qualquer material que seja maleável.
Copos graduados ( para uso no microondas)
Colheres plásticas descartáveis ou bastão de vidro.
Panela de ágata (se for derreter em banho-maria)

NUNCA USAR METAL OU ALUMÍNIO
Borrifador para o álcool de cereais

 Modo de Fazer:
Pique a glicerina em pedaços pequenos.
No microondas:
Coloque no copo graduado e leve ao microondas em potência alta. O tempo será determinado pela quantidade que você for utilizar. Por exemplo, para cada 100 gr de glicerina, coloque 15 segundos, abra o microondas e verifique se já está liquida. Se necessário, vá colocando mais 10 segundos por vez, até atingir o ponto.
Importante: Não deixe ferver pois a glicerina perde a transparência.

Ou deixe em banho-maria na panela de ágata até derreter a glicerina.

Não deixe a temperatura da água muito quente, para evitar que a glicerina ferva.

Retire do forno, coloque o corante aos poucos até atingir a cor desejada.
Espere esfriar um pouco, até formar uma nata fina em cima de glicerina. Caso não faça isso a essência e o extrato (se estiver usando) irá evaporar e seu sabonete não ficará perfumado.

 Adicione a essência e mexa com o bastão de vidro. Evite mexer muito pois poderá fazer espuma. Borrife com álcool de cereais para retira-la (se necessário).

Segure com o bastão de vidro a película que se forma e despeje o líquido na forma escolhida.
Espere secar por mais ou menos 30 minutos (depende da quantidade utilizada) e desenforme.
Se necessário retire as rebarbas com uma faca sem serra.

Para decoração, no caso dos sabonetes em formato de doces, derreta 10 gr de glicerina, espere esfriar um pouco e jogue aos poucos sobre o sabonete já desenformado, dando a forma de calda escorrida.

Espere umas duas horas antes de embrulhar os sabonetes.
Coloque em cestinhas, caixas ou sacos de celofane.

Dicas:

1- Procure combinar os corantes com as essências, pois fica mais fácil na hora de identificar. Por exemplo:

Azul: Jaborandi ou Algas Marinhas
Vermelho: Rosas ou Ylang-Ylang
Amarelo: Camomila ou Maracujá
Laranja: Flor de laranjeira ou Pêssego
Verde: Maçã Verde ou Erva Cidreira
Rosa: Baby ou Mamy
Lilás: Jasmim

2- Não coloque os sabonetes para secar na geladeira ou ao vento, pois a base transpirará.
3- Evite deixar cair a nata que se formou no derretimento , segurando com uma colher. Assim o sabonete ficará mais liso.
4- Ao enformar os sabonetes, borrife mais um pouco de álcool de cereais para retirar a espuma que se formou e evitar a formação de bolhas. Se a espuma não sair, retire com auxilio de uma faca. A película que se forma, não é necessário tirar, pois logo se formará outra.
5- A espuma ou a camada esbranquiçada que se forma, não deve ser reaproveitada.
Já as rebarbas ou sabonetes que não ficaram ao seu gosto, podem ser manipulados novamente.

6- Não utilize materiais de alumínio ou teflon, pois pode oxidar e alterar a cor dos sabonetes, além causar alergias.

7- Não tenha pressa em desenformar os sabonetes. Se eles não estiverem bem rígidos, seu trabalho pode ficar comprometido. Mas se alguma coisa der errado, não se aborreça e comece novamente reaproveitando a peça comprometida.

8- Use sua criatividade na hora de escolher as formas. Até o fundo de uma garrafa de refrigerante descartável dará um belo sabonete massageador. Procure no meio dos brinquedos das crianças ou em lojas de artigos culinários que com certeza você encontrará muitas idéias diferentes.

9- Você pode usar formas de acetato (aquelas usadas para chocolate) que são bem mais baratas que as de silicone. Porém elas têm um tempo de uso pequeno (no máximo 8 vezes) e as de silicone são de uso indeterminado e bem mais fáceis de desenformar.

 

 

 

 

 

Sabonete facial
Este sabonete é ideal para a higiene do rosto, indicado para peles delicadas e sensíveis.

Para 1 kg de base glicerinada branca
10 ml óleo de jojoba
20 ml de extrato de calêndula

5 ml de essência de calêndula
1 colher de chá de mel

 Sabonete com Leite de Cabras
Para 1 Kg de base para sabonete glicerinada Branca
80 ml de leite de cabras
25 ml de essência de sua preferência

 Sabonete de Manteiga de Karité
Para 1 Kg de Base para sabonete glicerinada branca
4 colheres de sopa de manteiga de karité
20 gotas de óleo essencial de sua escolha (sugerimos o de laranja)

 Sabonete esfoliante com bucha

- 1/2 kg de glicerina
- 15 ml de essência, a que você escolher
- 1 fôrma para sabonete que caiba a o pedaço de bucha
- Bucha vegetal
Modo de fazer:
Corte a bucha vegetal do tamanho da fôrma.
Pique a barra de glicerina. Leve ao fogo, em banho-maria, para derreter.
Tire as sementes e encaixe as buchas na fôrma.
Quando a glicerina estiver toda derretida, tire a panela do fogo.
Despeje a glicerina na fôrma.
Use uma colher de pau para segurar as buchinhas no lugar.
Deixe secar durante 1 hora.
Depois, corte as sobras das buchas e alise a superfície com uma espátula.
Você pode aproveitar a própria glicerina que sobrou nos cantinhos.