O que é viver de forma minimalista?

É importante ter um artigo dedicado somente a esta resposta.

Ser minimalista não significa que você não deve comprar bens materiais. Isso não significa que você dorme no chão, come apenas arroz branco e raspa a cabeça. Não se trata de viver em um mosteiro, vivendo em uma van ou omitir objetos, pessoas ou experiências.

Acho que vou tentar explicar de outra forma. A lanterna é um bom objeto de possuir. É bom ter quando a eletricidade cai. É bom para acampar e é bom para que quando você precisa ir trocar um pneu durante a noite. Mas você precisa ter 7-10 lanternas na sua casa? Tem pessoas que tem uma meia dúzia de lanternas em todos os cantos da casa. Provavelmente estas pessoas não sabem nem se as pilhas de todas as lanternas que tem em casa estão com as pilhas novas e funcionando corretamente. Talvez nem saibam onde estão todas as lanternas.

Agora, se você tivesse uma lanterna realmente boa que você usa para tudo? Talvez tenha um lugar específico onde ela é mantida para que você saiba onde encontrá-la. É usada frequentemente, por isso você sabe que ela está em boas condições, suas pilhas estão novas. Provavelmente esta lanterna, por ser tão boa, tenha custado caro. Quando você, propositalmente, faz uma escolha para ter um bom objeto, como uma lanterna, que pode durar o resto de sua vida, ao invés de ter vários iguais, você começa a ter uma vida de forma minimalista.

Uma outra maneira de descrever é a regra 80/20 ou o Princípio de Pareto. Este princípio é usado para explicar muitas coisas, mas se aplica aos bens materiais que você possui também. De todas as roupas que você possui, você usa 20% delas 80% do tempo. De todos os DVDs que você possui, você assiste 20% deles 80% das vezes que assiste um filme/show. Portanto, por que não só possuir os 20% das roupas que você usa regularmente e possuir os 20% dos DVDs que você assistir regularmente. É difícil fazer isso? Acredito que não.

Sabe aqueles objetos velhos que você vem mantendo apenas  “no caso de precisar disto um dia”? Livre-se deles. Provavelmente você nunca irá precisar deles novamente e, normalmente, quando precisar, você vai comprar um novo por não lembrar que tem um em casa. Eu sei, já aconteceu comigo diversas vezes.

Você não precisa se agarrar as coisas que você não usa. E sobre as coisas que você comprou “só porque estava na promoção”? Pare e pense, quantas coisas você comprou só porque estavam na promoção, você efetivamente precisava quando comprou? Quantas ainda estão guardadas, as vezes por meses ou anos, esperando para serem usadas? A verdade é que você nunca realmente precisou delas, portanto, livre-se delas.

Isso é vida minimalista. Tendo o que você quer, não o que você acha que precisa.


Leave a Reply